Retrospectiva bacana: Google Maps causando!

Padrão

Me deparei com uma Superinteressante do ano passado e li algo sobre o qual nunca havia pensado: o poder do Google Maps, ou melhor, o poder absurdo da sagrada internet em outro viés!

A revista descreveu que em agosto passado Arunachal Pradesh, estado da Índia, apareceu no Google como território da China. Coincidentemente, na semana de uma discussão diplomática entre os países citados sobre a posse do território. Enfim, os indianos protestaram bastante e acusaram a empresa de tomar partido a favor dos chineses.

Essa foi apenas uma das gafes, entre outras. Houve também Camboja x Tailândia, Sudão x Etiópia, Árabes x Google e Israel x Palestinos.

Fácil assim: em pouquíssimo tempo a Google “resolve” problemas territoriais centenários. Toda a fragilidade de um conflito étnico simplificada e toda a diplomacia praticamente descartada!

Nesse caso, a experiência não foi muito legal, mas será que umdiagenteaprende até onde vai o poder da internet?

Texto criado por Gabriela Angerami.

Fonte online:

http://super.abril.com.br/tecnologia/guerra-vai-ao-google-maps-598661.shtml

Anúncios

»

  1. Gabis, parabéns pelo BLOG.

    E começou com uma notícia de nosfazeraprender =)

    Sucesso na carreira.

    adorei o blog

    bjinhos
    com amor (essa é pra vc Gian)
    Pati

  2. Haha! nossa..muito ótimo o tema Gabi! Dá pra pirar nas redações, conteúdos…Muito bom! “Umdiagenteaprende a brilhar muito” ! hahaha vai virar #

  3. Americanos são assim mesmo, querem que o mundo seja do jeito deles. Quando estive no museu de história nartural em Nova Yorque, deparei-me com um mapa da América do Sul no qual a Amazônia passava aqui pelo norte de São Paulo. Também acabei descobrindo por lá, que o mico leão dourado é um animal da “fauna amazônica” e está em extinção porque o povo brasileiro o caça impiedosamente, essa foi a explicação que ouvi uma professora de educação infantil dar aos seus alunos quando passeava no mini-zoo do Central Park. Obvio que não deixamos por menos, o Julio parou e explicou para as crianças que o animal era nativo da Mata Atlântica e que só era caçado porque os norte-americanos os queriam como animais de estimação.

    Parabéns pelo blog.

  4. Gabiiii! Parabéééns pelo blog, moça! Amei mesmo! E os dois temas que você já tratou são muitíssimos interessantes! Foram ótimas escolhas! Ah! Muito bem escrito, por sinal, e super didático.
    beijo grande!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s